segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Desenhando-me...

      
     Se eu desenhar teu rosto, irei amar-te. Cada curva que te faço, que te cubro, que te marco. Eu pinto cores na vastidão de um pedacinho de papel!
     Já disse tantas vezes que irei te esquecer. Mas não consigo, ou não quero, tanto faz... você está presente nas foscas gravuras desta minha solidão.
     E eu aqui divagando as fotos, as cartas, bilhetes, recadinhos rabiscados... com teu nome. Ah, teu nome... tua voz me embala a cada noite de frio em meu quarto.
     Eu guardo tuas fotos (sabia que não as tirei de minha estante?!)... porque não fostes rascunho em minha vida...  E eu desenho dores como quem ainda sonha rasgar tua mágoa.
     Fostes meu amor tão mais amado, meu desenho de curvas lindas, de linhas fortes... e hoje me divido nos traços tênues entre sorrisos momentâneos e pranto adormecido.
     Não é qualquer dor, é a minha dor, dor doída, que eu sinto sozinho, que eu pinto em furta-cor, que eu margeio às bordas... de pincéis tão desbotados!
     Sei que irás ler estas palavras, e quero pedir-te um favor... desenha um coração, rabisca-o e depois mancha o papel e mostra-me. Quero ver de ti que o amor se foi, e com ele meu universo colorido...
     Enquanto vou tentando reinventar a curva de meus lábios, enquanto saliento as maçãs de meu rosto em rubras cores... vou descrevendo minhas letras, escrevendo minha imagem.
     E sabias tu, (tão óbvio que não sabes, nem sequer pensas em mim...), que derramo lágrimas nessa momento? Cada gota que rola à face, desbota os versos do papel...
     ... Um poema perdido, e um desenho inacabado. Eu pinto minhas dores como quem quer suscitar este papel de esboço. E desenho-me, ao acaso do que sou... eu pinto rios, lagos e mares... o meu desenho que se faz em auto-retrato, um oceano... (de lágrimas em mim!).

(RONALDO ARAGÃO) 29/10/2010

3 comentários:

  1. Você escreve como quem afoga a alma na mais terrível solidão. Engraçado como o sofrimento inspira os poetas...

    Gostei do blog. Tô seguindo!

    Kisses

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir